terça-feira, 21 de novembro de 2017

Fundação Julita participa da XI Conferência Estadual de Assistência Social

Em seu propósito de fortalecer a política de assistência social, a Fundação Julita participou pela primeira vez da Conferência Estadual de Assistência Social de 2017, que aconteceu na cidade de Águas de Lindóia, interior de São Paulo. Antes, a Fundação já havia participado das conferências regionais e municipais.

As Conferências de Assistência Social são divididas em regionais (por território da cidade), municipais, estaduais e nacional. Nestes espaços de encontros e diálogos são analisadas as políticas de Assistência Social, o aperfeiçoamento e o fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social.

Construção de políticas públicas

Sendo assim, com mais 65 anos de atuação no território do Jardim São Luís, atendendo desde a primeira infância até a terceira idade, a organização contribuiu para os encaminhamentos da Conferência Estadual.

“Foi de fundamental importância a participação dos profissionais da Fundação Julita na construção de propostas que dialogam com as necessidades do território, articulando com instituições e trabalhadores de outras regiões de São Paulo”, comenta Janaina Dias, assistente social da Fundação Julita.

Além de contribuir para a construção de políticas públicas, a participação da organização nos debates da Conferência traz embasamentos para a sua atuação diária junto à comunidade, como explica Agnaldo Santos, coordenador do Centro de Educação em Saúde.

Agregar ao serviço de garantia de direito

“Participar da Conferência agrega na discussão da valorização do trabalho, no entendimento do serviço como garantia de direito, além de permitir que os profissionais ampliem metodologias de atendimento e estratégias de intervenção para crianças, adolescentes e jovens atendidos e suas famílias, como descrito na Política de Assistência Social e seu desenvolvimento na prática”, conclui.

A Conferência Estadual é organizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Social de São Paulo , Conselho Municipal de Assistência Social, Fórum da Assistência Social da cidade de São Paulo,   e Conselho Estadual de Assistência Social.

Após a finalização da Conferência Estadual, a Conferência Nacional de Assistência Social acontecerá em dezembro.

Fundação Julita como articuladora local

Desde março deste ano, a Fundação Julita sedia o Fórum Regional de M´Boi Mirim, que reúne os distritos do Jardim Ângela e São Luís, considerados os mais vulneráveis no mapa da exclusão social.

Para a organização, “sediar o Fórum é importante para fomentar e fortalecer o trabalho de base com as famílias beneficiadas no controle social, enfatizando a importância da participação na corresponsabilidade, no papel enquanto cidadã, na participação, discussão, avaliação e decisões na Política de Assistência Social, integrando os serviços, projetos e programas dos quais participam, na visão do direito e não do favor”, conforme reforçou Janaina.

Como nasceu o Fórum Regional de M´Boi Mirim

O Fórum Regional de M´Boi Mirim nasceu após a Conferência Regional de 2010, a qual faziam parte Campo Limpo e M´Boi Mirim, porém percebeu-se a necessidade de discutir a política pautando as características específicas dos territórios.

Sendo assim, em 2011, teve origem o Fórum Regional de M´Boi Mirim, debatendo e discutindo ações em defesa da Política de Assistência Social, fomentando o controle social através da participação de organizações, trabalhadores e usuários do Sistema Único de Assistência Social.
Os primeiros anos do Fórum aconteceram na organização Movimento Comunitário de Vila Remo. Em 2016, aconteceu na Sociedade Amiga e Esportiva do Jardim Copacabana e, em março deste ano, passou a ser realizado na Fundação Julita.

A mudança se deu devido à necessidade de o Fórum acontecer no distrito do Jardim São Luís, considerando que as demais organizações que o sediaram pertenciam ao distrito do Jardim Ângela. A Fundação Julita foi eleita para sediar o Fórum por ser referência no território e por trabalhar em prol da Política de Assistência Social.




Samsung realiza ação voluntária na Fundação Julita

Cerca de 30 funcionários da Samsung tiveram um dia especial na Fundação Julita. Com um dia de ação voluntária, os colaboradores tiveram a oportunidade de conhecer vários projetos sociais da organização: Programa Castanheira, Ipê-Amarelo, Paineira e Araucária (Núcleo de Convivência do Idoso).

As atividades envolveram manutenção dos espaços, integração com as crianças, bingo com os idosos e palestra sobre o mercado de trabalho com os jovens.







segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Oracle realiza ação voluntária na Fundação Julita


As crianças do Programa Castanheira, de seis meses a 3 anos, tiveram um dia muito especial proporcionado pela Ação Voluntária da empresa de tecnologia, Oracle. Os funcionários doaram livros e fizeram contação de história, além de um piquenique com as crianças.


Confira algumas fotos